Transborder

Transborder*: Oficinas de performance, composição, plástica e prática cênica

Esta oficina propõe integrar o desenvolvimento crítico em relação ao campo da plástica cênica, e seu potencial multidisciplinar explorando a utilização de elementos de composição, tais como: mesas, cadeiras, solo, paredes, portas, janelas, a palavra, o gesto, a imagem, os sons, e os objetos, não mas somente como elementos cenográficos, mas como protagonistas da ação cênica.
Consequentemente, se propõe aqui uma didática que também está relacionada com o campo das artes plásticas e seus conteúdos, que deverão ser trabalhados transversalmente, portanto esta oficina não se trata de algo estático e sem variações, pelo contrário, busca a sua contínua transformação, criando situações de fluxo e resistência, inclusive dentro do mesmo processo, em uma espécie de “dispositivo relacional”. Neste trabalho de fluxo e resistência o tempo exerce um papel importante, alternando estados de repetição, ativando o espaço por meio de palavras, gestos e ações intercalados por pausas e silêncios. Este jogo com o tempo colabora para transformação do lugar, para a ativação de estados artísticos e o surgimento de diferentes possibilidades criativas.

Transborder *: Workshops of performance, composition, plastic and scenic practice

This workshop proposes to integrate critical development in relation to the field of scenic plastic, and its multidisciplinary potential exploring the use of composition elements, such as: tables, chairs, floor, walls, doors, windows, word, gesture, image, sounds , and objects, not only as scenographic elements, but as protagonists of the scenic action.
Consequently, it is proposed here a didactics that is also related to the field of plastic arts and its contents, which should be worked transversally, so this workshop is not static and without variations, on the contrary, seeks its continuous transformation, creating situations of flow and resistance, even within the same process, in a kind of “relational device”. In this work of flow and resistance time plays an important role, alternating states of repetition, activating space through words, gestures and actions interspersed by pauses and silences. This game with time contributes to the transformation of the place, to the activation of artistic states and the emergence of different creative possibilities.

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!